Blog | Guia para sua carreira em TI

Especialistas dão conselhos de desenvolvimento profissional e como impulsionar sua carreira dentro do mercado de TI.

Postado dia: 19 de outubro de 2018

Fuja do comum e promova ações para engajar os colaboradores de TI

O profissional de TI, cada vez mais reconhecido e demandado pelo mercado, tem seu dia comemorado em 19 de outubro. Tradicionalmente conhecido como mais introspectivo, concentrado e sério, ele tem, aos poucos, mudado a percepção do mercado e do próprio segmento. Isso porque é mandatório que o profissional de TI do futuro – e já do presente – tenha habilidades de comunicação, saiba trabalhar em grupo, exercite capacidades de liderança e saia de sua zona de conforto para se diferenciar em um mercado que pede gente engajada, motivada e multitarefa. A tarefa de manter esses colaboradores engajados não é fácil, mas, com um pouco de criatividade e inovação, é possível gerar integração e extrair o melhor de cada um. Quer um exemplo? Aqui, na One Choice Consulting, presenteamos nossos programadores com uma caixinha de chocolate. Até aí tudo bem, né? Mas, para terem acesso ao presente, os colaboradores tinham que decifrar qual era a sua caixa e ela, por sua vez, estava com o nome identificado por um código binário! Os profissionais de TI adoram desafios e se motivam com esse tipo de iniciativa, que é simples de fazer, eficiente e traz mais satisfação ao colaborador. Motive sua equipe de TI e sinta os resultados no dia a dia Nem sempre é fácil incorporar a cultura de uma empresa ao dia a dia dos colaboradores de TI, que muitas vezes ficam dedicados ao seu trabalho e acabam não interagindo tanto quanto deveriam. Companhias modernas, que priorizam a satisfação dos colaboradores e buscam sempre reforçar seus valores em pequenas ações podem se valer desse tipo de atividade leve e divertida para demonstrar ao time de TI que eles são de extrema importância para a empresa e, por isso, devem explorar suas habilidades e capacidades. Na One Choice Consulting todo dia é o momento ideal de gerar ações divertidas e estimular os colaboradores de TI a fazerem algo que saia da rotina e mostre seu lado descontraído. Se você ainda não faz isso na sua empresa, que tal pensar em estratégias para fazer isso? Vale utilizar videogames, joguinhos de tabuleiro, promover desafios e o que mais vier à mente. O importante é fugir da rotina!

11 de outubro de 2018

Conheça as vantagens de terceirizar a área de TI da sua empresa

O mercado de TI só cresce e contrata cada vez mais. Os profissionais que se especializam nesse segmento tendem a ser disputados pelas empresas e a ganhar bons salários, mas você sabia que não é preciso arcar com todas as despesas de contratação dessas pessoas e a solução é investir em terceirizados? Com a mudança das leis de terceirização ficou mais vantajoso investir no outsourcing de TI e é exatamente com esse enfoque que a One Choice Consulting trabalha – com validação técnica e pessoal dos candidatos para entregar apenas quem preencha exatamente o perfil de que a companhia precisa. Ao terceirizar os serviços de TI é possível direcionar esforços para o que realmente é a especialidade da empresa, delegando essa tarefa tão importante para as companhias a quem realmente entende do assunto. Está em que dúvida em que terceirizar o serviço de TI é o melhor para o seu negócio? Veja alguns motivos pelos quais você deve apostar nesse serviço: 1. Reduzir custos e aumentar os lucros O objetivo de qualquer empresa é diminuir os gastos e elevar a eficiência e os lucros, certo? Por isso, quando os serviços de TI são terceirizados não há mais necessidade de contratar e arcar com os gastos decorrentes dos compromissos trabalhistas, além de dispensar a necessidade de máquinas, equipamentos e espaço para alocar os profissionais. Outra vantagem do outsourcing de TI é que ele permite contratar especialistas para um projeto específico, reduzindo custos operacionais e evitando que haja despesas trabalhistas decorrentes do rompimento do contrato. 2. Você tem assistência especializada As equipes de profissionais selecionados por empresas como a One Choice Consulting têm know-how em sua área de atuação e atendem perfeitamente às suas necessidades e exigências. Ao investir em um time especializado no que faz você eleva a eficiência e garante a continuidade dos processos, mesmo que todo o trabalho seja conduzido por terceiros. Se você tem medo de profissionais de fora, acredite: os contratos garantem que o projeto seja conduzido e entregue da forma mais profissional possível. 3. A segurança das informações é garantida A segurança dos dados e informações das empresas é uma preocupação constante dos gestores. Com a terceirização dos serviços de TI oferecida por empresas sérias e comprometidas é possível assegurar que as informações de uma companhia não sejam compartilhadas e nem divulgadas. Tudo isso está previsto em contrato e garante a integridade de todas as partes. 4. Há mais agilidade e flexibilidade nos processos Uma equipe focada nas demandas da organização e que saiba utilizar ferramentas e tecnologia necessários ajuda a otimizar processos e entregar demandas com mais rapidez. Há, portanto, aumento da produtividade e redução de tempo de parada das atividades. Com profissionais diversos e especializados no que você precisa, ao investir na terceirização de TI é possível ampliar o quadro de profissionais, encontrando quem ofereça soluções para as mais variadas demandas e problemas – algo incomum em profissionais alocados. Ainda não se convenceu dos benefícios da terceirização dos serviços de TI? Fale com nossos especialistas e conheça o trabalho da One Choice Consulting. Somos a mais completa consultoria de outsourcing de TI do Brasil e temos a solução ideal para o seu negócio!

Postado dia: 02 de outubro de 2018

Front-end e back-end: os prós e contras desses profissionais

As áreas do desenvolvimento de sites e aplicações são inúmeras. Quando se entra no mercado de TI ou se navega por ela é possível conhecê-las e aí surgem as dúvidas: front-end ou back-end? Qual é o melhor para a minha carreira? Se essa é sua dúvida, acalme-se! A seguir, falaremos sobre as condições do mercado para desenvolvedores front-end e back-end, bem como características de cada profissional. Com certeza, após ler esse texto você terá ideias mais claras sobre quais rumos tomar. Quais são os benefícios de ser desenvolvedor front-end? O front-end, como o próprio nome já diz, atua na frente, ou seja, lida com a interface do usuário. Quando você acessa um site ou app, toda aquele aspecto de tela foi feito por esse tipo de profissional. Em geral, desenvolvedores front-end utilizam HTML, CSS e JavaScript para conferir à página estilo, cores, efeitos, identidade visual, formatação de texto, animações, efeitos de scroll, etc. Para quem deseja entrar nessa área, é importante destacar que o desenvolvedor front-end, devido ao fato de trabalhar diretamente com o usuário, tem a possibilidade de atuar como web designer na criação de mockups e layouts ou pode, ainda, tornar-se analista de experiência do cliente. Pessoas que são mais soltas e têm facilidade de relacionamento e trabalho em grupo podem se dar melhor como desenvolvedores front-end. Existe, ainda, a chance de trabalhar remotamente, no exterior, em uma startup, em uma grande empresa… Com várias segmentações, essa área permite que você se especialize em uma ou mais delas. A profissão de desenvolvedor front-end, portanto, está em alta no mercado e quem se destacar tende a conseguir bons salários e satisfação profissional. Resumidamente, o programador front-end é uma ponte entre o designer e o back-end, contribuindo com técnica e criatividade. O ponto negativo é o excesso de trabalho, que pode ser desgastante em alguns momentos, além do fato de que, atualmente, quase nenhum desenvolvedor é apenas front-end, já que são necessárias habilidades complementares para que ele se destaque no mercado. Quais são as vantagens de ser desenvolvedor back-end? O desenvolvedor back-end é, resumidamente, o responsável por “construir os alicerces da casa”. Isso significa que ele determina como será o ambiente de um website ou app, atuando nos bastidores – mais de forma alguma tendo papel coadjuvante. Responsável pelo “lado do servidor” em vez de cuidar do usuário, o desenvolvedor back-end precisa dominar uma série de linguagens, frameworks e tecnologias para se dar bem na profissão. As principais tecnologias back-end voltadas para web PHP, Ruby on Rails, Node.js e Python. Há, ainda, as soluções coltadas a Desktop, como C, C#, C++ e Java, além de muitas outras disponíveis no mercado. O desenvolvedor back-end cuida do “cérebro do site”, viabilizando sua comunicação com o servidor e estabelecendo a ligação entre os APIs (Application Programming Interface ou Interface de Programação de Aplicações) e o banco de dados, além de construir a estrutura do site. O back-end é vital para um site funcionar bem. Sem o seu trabalho, tudo o que o front-end fizer não terá sentido. Por isso, quem adora códigos e linguagens de programação, porém tem um perfil mais discreto e introvertido pode se dar melhor nessa função. Que tal ser desenvolvedor full-stack? Ixi, gosto dos dois. E agora? Existe a possibilidade, então, de ser um desenvolvedor full-stack, que atua tanto como front quanto back-end. E o melhor de tudo isso é que essa carreira está super em alta e as possibilidades para quem dominar esse segmento são inúmeras! O desenvolvedor full-stack domina todo o processo – algo que pode parecer difícil no início. Entretanto, a longo prazo, ele tem muito mais chances de conquistar ótimas oportunidades no mercado, pois tem total autonomia para tocar os projetos que quiser.

20 de agosto de 2018

7 dicas para aumentar suas chances de passar em nossos processos

Conseguir o emprego dos sonhos, com possibilidade de sucesso na carreira, excelente remuneração e benefícios é o grande objetivo de muitas pessoas, principalmente de quem acabou de sair de uma faculdade ou, depois de anos em uma determinada carreira decidiu se reinventar. Independente de sua idade ou qualificação, ser aprovado em um processo seletivo nem sempre é fácil, sobretudo nos mais concorridos, onde existem mais candidatos do que vagas disponíveis. Mas isso não significa que você já deva entrar em uma seletiva desmotivado, achando que a vaga que tanto deseja irá ficar com outras pessoas. Nada disso. É possível ser aprovado, e vamos lhe mostrar como. Para isso, reunimos sete dicas que irão aumentar suas chances de ser aprovados em nossos processos e, assim, conseguir a vaga dos sonhos. 1.Capriche no currículo Há quem ache que um bom currículo precisa ser grande, vistoso, com mais de uma página. Não exatamente. Currículos grandes podem significar que o profissional tem uma bagagem profissional e cultural incrível. Ou que não se mantém por muito tempo em um único emprego. Então, uma boa dica para ser aprovado em nossos processos é caprichar na elaboração do currículo, produzindo um material condensado, destacando tudo o que você gostaria de realçar, como experiências acadêmicas, profissionais e cursos que considerar mais importantes. 2.Trabalhe o autoconhecimento A entrevista nem sempre é longa. Em geral, quando os processos são muito disputados (e os nossos são), as conversas com os candidatos são bem rápidas, dando pouco tempo para que as pessoas falem sobre si. Então, para aproveitar muito bem esse tempo, procure trabalhar seu autoconhecimento. Resuma suas qualidades, falando mais sobre como suas experiências acadêmicas e profissionais e como elas tornam você o profissional ideal para a vaga que estamos oferecendo. 3.Seja autêntico Algumas vezes, para conquistar aquela vaga dos sonhos, os candidatos costumam construir personagens para se sobressair aos demais, mas quando assumem as vagas não são capazes de manter a caracterização que outrora haviam criado. Para não cair nessa armadilha, é fundamental ser sempre você mesmo. Não crie um personagem apenas para agradar o selecionador. Isso ficará muito evidente na hora da entrevista e diminuirá suas chances de contratação. 4.Arrisque A entrevista é um momento tenso, por isso muitas pessoas acabam se fechando na hora da entrevista, ficando tímidas e falando muito pouco. Para chamar a atenção do recrutador, aja diferente. Se arrisque, converse, tente mostrar que você é diferente dos demais. Positivamente, claro. 5.Seja coerente em seu discurso Mudar constantemente o discurso, mesmo com o uso de exemplos, não é exatamente uma boa ideia. Por isso, mantenha a coerência, mesmo sob pressão. E se for exemplificar algo, garanta que eles tenham relação com o que já vinha falando antes. 6.Treine a escrita Alguns de nossos processos envolvem redação. Queremos ouvir o que o candidato pensa, quais suas opiniões sobre diversos assuntos. Para se destacar, treine a escrita. Leia, pesquise, se qualifique para nos conquistar. 7.Mantenha o controle E, finalmente, mantenha o controle. É natural ficar nervoso ou até ansioso durante um processo seletivo, mas isso jamais deve ser motivo para que você simplesmente trave.

Postado dia: 17 de agosto de 2018

Fui rejeitado para uma vaga. O que pode ser?

Muitas pessoas acabam sendo rejeitadas em entrevistas de emprego, mesmo que possuam as qualificações. Quando ocorre essa reprovação, os profissionais ficam procurando as justificativas para não serem admitidos e elas podem estar no comportamento dessa pessoa ou então na forma como ela fez o currículo, dentre outros. Toda a qualificação desejada? Os recrutadores sempre escrevem quais são as qualificações que o candidato deve ter e isso não engloba somente a escolaridade, mas também cursos extras, traços de personalidade e até mesmo posses: para algumas funções, é requisitado pelas empresas que se tenha carteira de habilitação. É fundamental que o candidato se encaixe na totalidade das exigências: se ele tiver a CNH, mas tiver nível de Inglês diferente do que é pedido, ele poderá ser rejeitado. Apesar de alguns recrutadores admitirem os candidatos mesmo quando alguma qualificação falta, há outros que têm maior exigência. Comportamento Enquanto estão em um processo seletivo, os trabalhadores são analisados com relação a todos os aspectos e o comportamento não é excluído. A análise da personalidade é feita em todos os momentos, principalmente quando se faz dinâmicas; ressalta-se que muitos recrutamentos têm um teste virtual que é utilizado para ilustrar à empresa um pouco das características interpessoais daquela pessoa. Alguns dois traços de personalidade que fazem com que o candidato seja rejeitado são a soberba e também não conseguir trabalhar em equipe com harmonia. Com isso, aqueles que não são aprovados em recrutamentos devem ficar atentos nas dinâmicas seguintes e demonstrar maior adaptabilidade. Distância Uma vez que as empresas pagam o transporte do colaborador, é normal que elas prefiram os que precisam de menos ônibus em cada trajeto, já que isso vai custar menos a elas. Isso é mais notado quando se trata de companhias de médio ou pequeno porte e, nesse caso, deve-se evitar encaminhar o currículo. Se o recrutador realizar a entrevista, pode-se tentar acordar com a companhia que uma parte do transporte é quitada pelo candidato: isso é vantajoso quando o salário é mais alto. Atraso As atitudes que o candidato tiver enquanto está no processo seletivo provavelmente se repetirá quando se ele estiver contratado. Desse modo, aqueles que demonstram falta de atenção ou que chegam atrasados, por exemplo, tendem a ser rejeitados. Higiene A boa aparência não pode ser esquecida quando o candidato vai para um recrutamento: estar com roupas sujas ou o rosto sem a devida higiene é um ponto negativo. Não se trata, contudo, de utilizar roupas caras ou de beleza: é necessário apenas aparência profissional e de limpeza. Feedback do recrutador Diversos candidatos são rejeitados por alguma das justificativas colocadas neste artigo, mas podem existir razões mais específicas e, para o candidato sabê-las, é preciso que o recrutador da empresa conceda o feedback. Se o profissional for rejeitado presencialmente, a justificativa tende a ser imediata; se a resposta do gestor é mandada via e-mail, cabe responder e pedir uma razão para não ser admitido, mas sem aparentar ser uma cobrança.

17 de agosto de 2018

Como se manter atualizado em um mercado que se renova diariamente?

A atualização profissional é considerada um processo: a cada dia, as pessoas têm contato com novidades do seu segmento, lembrando que todos eles têm algum nível de modernização. O modo como um mecânico faz os consertos de veículos hoje é muito diverso de como fazia há décadas e é por causa da atualização profissional que esses indivíduos se mantêm interessantes. Não é preciso haver gasto para ser um profissional mais atualizado: às opções gratuitas de aprendizado são encontradas em grande número, até na rede. Fazer cursos Os cursos de atualização profissional podem ser de pouca duração e feitos até à distância: o importante é que as pessoas os utilizem para continuar absorvendo conhecimentos sobre seu setor de trabalho. Um facilitador é que não é preciso qualquer processo seletivo para esse tipo de curso e os preços podem ser parcelados. Aliás, existem instituições que são próprias para cursos curtos, enquanto algumas faculdades também têm formações de atualização profissional. Periódicos sobre a profissão A leitura de periódicos também é excelente para a atualização profissional, existindo revistas impressas e virtuais para quase todos os tipos de profissões: há publicações especiais para fisioterapeutas, para os professores, para os engenheiros e muito mais. Vale dizer que os periódicos não precisam ser apenas as revistas: até as redes sociais podem ter artigos acadêmicos importantes. As notícias sobre a sua profissão também são importantes de se conhecer. Basta usar os buscadores ou então assinar as novidades dos órgãos relacionados a ela: quem trabalha com comércio no Paraná, por exemplo, deve acompanhar sempre a Junta Comercial do Estado do Paraná, que anunciar atualizações em legislação e outros. Feiras profissionais Diversos órgãos de regulamentação profissional, além de faculdades, realizam feiras de profissões: há oficinas, vendas de materiais, palestras e outros. Essas são grandes ocasiões para que as pessoas saibam de todas as novidades do seu ramo, socializando com outros profissionais e criando networking. Muitas vezes, esses eventos têm certa taxa de participação, principalmente quando os seus organizadores concedem certificado. No entanto, encontram-se várias feiras profissionais gratuitas, sendo preciso somente uma ficha de inscrição. Livros Ainda que os profissionais leiam os periódicos e participam dos congressos, os livros ainda são uma das melhores formas de se atualizar no trabalho. Muitas pessoas deixam de ler sobre a sua profissão porque acham que é uma leitura complicada, muito teórica, ou que não acharão publicações a respeito do que fazem. Hoje em dia, existem livros do setor profissional para quem exerce qualquer função: até quem é operador de Telemarketing, não precisando de nenhuma faculdade, pode encontrar livros que os auxiliem na sua comunicação ou no convencimento. Além disso, a linguagem que se tem colocado nos livros de orientação profissional tem ficado muito mais simplificadas e com o foco na prática de qualquer trabalho. Grupos de Facebook Essa rede social tem grupos para muitos profissionais e, além de se poder pedir dicas, fica-se sabendo sobre congressos, sobre novos materiais e muitas outras informações.

Postado dia: 09 de agosto de 2018

5 motivos para que a sua empresa use a One Choice

Muitas empresas têm dificuldades na hora de selecionar os melhores funcionários para fazerem parte do seu quadro. Diversos erros são cometidos e, chega o dia dele desempenhar o seu trabalho e se comprova que o funcionário não é nada daquilo que ele disse que era. Assim sendo, os erros vão sendo cometidos em maiores quantidades, o que pode acarretar num nome não tão agradável da empresa, justamente pelos erros cometidos por esses funcionários “mais ou menos”. E, com tantos erros, é difícil manter o foco e estar sempre por cima. São nessas horas que contar com uma consultoria capaz de facilitar essa contratação facilita a vida, tanto dos empregados da sua empresa, como a sua própria empresa. E, uma empresa que é capaz de resolver esse problema para você é a One Choice. Empresa capaz de selecionar os melhores profissionais e entregá-los à sua empresa, sem que você possa sentir qualquer arrependimento. E o melhor: para fazer parte do quadro de candidatos da One Choice, o profissional deve ser, no mínimo, o melhor do dia para conseguir a vaga. Somente os melhores profissionais são contratados pela One Choice. Venha conferir! Motivos para que a sua empresa utilize a One Choice A fim de mostrar a capacidade da empresa para selecionar os melhores profissionais para a sua empresa, este texto relata cinco motivos que farão com que você escolha a One Choice para ajudar a sua empresa. Vamos a eles! Sem preocupação com o processo de seleção Todo o processo de contratação do profissional, seja o primeiro contato até o encaminhamento dele para o RH da empresa para assinar o contrato é feito pela One Choice. E tudo isso sem que a sua empresa precise se preocupar. A sua empresa só precisará usufruir do profissional que a ela foi entregue. Mão de obra que a sua empresa necessita Hoje em dia é cada vez mais complicado encontrar bons profissionais. E como bons, refere-se a trabalhadores que tenham o conhecimento técnico, além de serem responsáveis, pontuais, organizados, qualidades básicas que fazem deles bons profissionais. Quando você pensa em contratar funcionários de fora, encontra diversos que até possuem alguns requisitos, mas ainda assim, não são os que você deseja para a sua empresa. Todo esse processo de encontrar o melhor profissional fica a cargo da One Choice, que possui exatamente o colaborador que você necessita. Na sua total qualidade. Qualidade garantida Ao indicar um profissional para a sua empresa, a One Choice entrega o melhor que ela tiver. Para comprovar isso, a One Choice oferece garantia de 90 dias. Caso o profissional saia antes desse período, outro profissional será cedido, sem custo adicional. Suporte no processo seletivo Algumas empresas preferem fazer por elas mesmas o processo e a seleção de novos funcionários. Como assim definem, as empresas optam por contar com o suporte da One Choice oferecer ao RH das empresas. Esse suporte vai desde os testes até na consultoria do serviço. Processo rápido de contratação A necessidade da empresa faz com que sejam rápidas as transações para novas escolhas. Com isso, ao precisar de um funcionário, a One Choice tem a opção correta para a empresa. A agilidade no serviço faz com que, se a empresa estiver de comum acordo, o funcionário seja contratado no dia seguinte.

01 de agosto de 2018

Divulgar vagas tem sido um problema? Você pode estar cometendo erros

Quando a sua empresa necessita de novos funcionários, seja porque ela cresceu, seja porque houve a necessidade de desligar e contratar um novo funcionário ou simplesmente para acirrar a concorrência interna, melhorando a produtividade, a divulgação da vaga de trabalho deve ser muito bem feita. Isso porque, é nessa hora que o candidato saberá o que a empresa está necessitando. E, mais importante do que chegar ao candidato a mensagem, é a forma como ela chegará. Como será que o candidato a lerá? Será que ele entenderá a necessidade que a empresa possui? Pois então, são todas essas questões que precisam e devem ser resolvidas, justamente para que você não esteja, em nome da sua empresa, cometendo erros totalmente desnecessários, prejudicando a sua própria empresa. Você já parou para observar como é feito o processo de contratação da sua empresa? Será que algum erro está sendo cometido? Talvez na descrição da vaga não esteja sendo feita de forma correta. Evite erros na descrição de vagas Processo extremamente comum em diversas empresas, o recrutamento de novos funcionários precisa ser um processo totalmente bem feito, organizado, bem divulgado e, o melhor de tudo, bem coerente, bem descrito. A descrição da vaga tem que estar de uma forma clara e bem entendida, para que não exista nenhuma informação desencontrada. Isso porque, quando existe um processo de recrutamento e seleção que começa sem certeza se vai chegar ao fim, esse processo já está fadado ao fracasso. Os candidatos, na maioria das vezes, estão desempregados e necessitados de um trabalho para colocar as finanças em dia. Então, quando surge a oportunidade de participar de uma entrevista, a esperança já se renova nele, fazendo com que tenha esperanças de sair do momento em que se encontra. Além de respeitar esses candidatos que vão até a sua empresa tentar a vaga de emprego, dar a ele um bom processo seletivo e ter a certeza de que ele não sairá com uma impressão errada da sua empresa. Elaborar, ter um bom processo seletivo, onde a descrição da vaga de emprego esteja bem feita, faz com que a vida de todos seja facilitada. Do entrevistador, que poderá transcorrer o processo de recrutamento e seleção da melhor forma, o candidato, que saberá o tipo de emprego que estará disponível e até mesmo a empresa que, a contratar o funcionário, consegue ficar com um colaborador que entendeu como funciona e está apto para desempenhar o seu papel, da melhor forma. Os profissionais de RH envolvidos no recrutamento e na seleção de novos candidatos sabem a importância que se tem uma boa descrição de cargo. Quando ela é bem feita, se torna uma ferramenta bem eficaz na hora em que se está divulgando as vagas de emprego. Portanto, uma boa descrição de vagas é importante e precisa conter, obrigatoriamente, as atividades que o funcionário irá desempenhar, a carga horária que ele terá, o nível de escolaridade exigido, os benefícios oferecidos pela empresa e o salário que está sendo oferecido.

Postado dia: 26 de julho de 2018

5 dicas para conquistar uma recolocação mais rápida

Não é desejo de nenhum funcionário que a demissão aconteça com ele. E é certo também que ninguém está preparado para esse momento. Mesmo sabendo da dificuldade que o país está passando e que cortes serão inevitáveis na empresa onde trabalha, ninguém quer imaginar que um dos nomes desligados da empresa será o seu. Mas como na vida todo ciclo termina e oferece a oportunidade de iniciar outro, este texto tem como objetivo apresentar a você informações que farão com que você consiga se recolocar no mercado de trabalho. Afinal de contas, ninguém deseja ficar em casa por muito tempo, portanto, estar trabalhando novamente é o desejo de todos. Fique atento às dicas abaixo e deixe essa situação para trás! Analise a sua carreira profissional É senso comum, quando acontece a demissão na vida de uma pessoa, este se sentir desmotivada, para baixo. Isso é normal. O que não pode acontecer é continuar tendo esse pensamento e sentimento. Você deve pensar no modo como está administrando a sua vida profissional. Com isso, analise os seus pontos negativos e positivos, veja os pontos onde você recebeu mais elogios, onde as pessoas te solicitaram mais para que você realizasse determinadas tarefas. Aproveite e analise os momentos ruins também, onde você sentia e sabia que deveria melhorar. Não se torture com eles, apenas reflita e estabeleça melhorias, a fim de que você se aprimore. Procure melhorar o seu currículo Enquanto você não está trabalhando, este momento te possibilita participar de eventos, fazer cursos, estar em palestras que poderão acrescentar conhecimento a você e melhorar o seu currículo. Existem cursos online que emitem certificados, e isso você poderá fazer para melhorar o seu currículo. Não culpe a falta de dinheiro, pois alguns desses cursos são gratuitos. Você também poderá ler livros da sua área, aumentando o seu conhecimento e cultura sobre determinado assunto. Mantenha-se conectado às redes sociais Estar nas redes sociais, principalmente no Linkedin, onde você pode saber o que está acontecendo nas grandes empresas, faz com que você esteja sempre ligado com as solicitações feitas no mercado de trabalho, além de se manter “visível” para futuras vagas de emprego. As redes sociais são importantes para que você mantenha contato e estabeleça vínculos que são extremamente importantes. Atualize o seu currículo Você precisará ter um currículo que condiga com as suas projeções, vivências e conhecimentos. Para isso, é preciso que você o atualize, estando conforme os seus objetivos. Como você já tem uma área onde vivenciou grande parte da sua carreira profissional, adeque às suas pretensões atuais à experiência que já viveu. Prepare-se para a entrevista Seguindo as dicas acima apresentadas, você certamente será chamado para uma entrevista de emprego. E, desde já, você precisa ir se preparando, para que possa apresentar a eles o grande profissional que é. Portanto, observe algumas atitudes abaixo e siga-as: - Analise os melhores e principais momentos da sua carreira; - Esteja preparado para participar de dinâmicas em grupo; - Perguntas voltadas para coisas negativas da sua carreira serão feitas, como pontos fracos, motivo da demissão e outras questões delicadas; - Treine as respostas que dará; - Seja sempre sincero; - Quando for chamado para a entrevista, já deixe a sua roupa separada, evitando assim, ter alguma surpresa de última hora; - Veja o quanto de tempo será necessário até chegar ao local. Evite qualquer motivo que possa fazer você chegar atrasado; - Controle a sua ansiedade e, caso não consiga, fecha os olhos, respire fundo. Dará tudo certo!

19 de julho de 2018

4 formas de se destacar no mercado de TI

Sempre quando há um momento no país onde este passa por uma crise, diversos setores das empresas passam por transformações e, com isso, muitas são as pessoas que acabam tendo os seus contratos encerrados, justamente porque existe a necessidade de cortar custos da empresa, fazendo com que ela opte apenas pelos melhores funcionários. E isso não contempla apenas um lado da empresa. No geral, todos os setores passam por revoluções e o de TI também sofre com a crise. Acontece que apenas os melhores profissionais conseguem manter os seus empregos. Mas o que faz com que eles sejam considerados melhores nas suas áreas? Você já parou para pensar nisso? Pois então, este texto tem como objetivo apresentar a você quatros formas para que você consiga ter destaque no mercado de TI. Dominar outros idiomas Por mais que seja absurdamente falado em diversos setores, as pessoas não levam muito a sério aprender uma língua estrangeira, o que faz com que sejam preteridas a outros candidatos que possuem domínios sobre outros idiomas. Hoje, é essencial para um profissional de TI que ele fale, pelo menos, dois idiomas estrangeiros, não apenas um, como era solicitado antigamente. O idioma se faz importante porque será necessário fazer apresentações em outros idiomas e não vai adiantar mentir no currículo, na hora de uma entrevista ou numa reunião, você será desmascarado. Portanto, trate de aprender outras línguas. Participe de projetos Para um profissional de TI é importantíssimo que ele tenha participado de algum projeto. Melhor ainda se esse projeto for grande, ambicioso. Isso faz com que o funcionário possua um conhecimento relevante relacionado ao projeto, ao que viveu, e essa parte é importante na área de TI. As empresas observam muito o conhecimento que o funcionário possui em uma determinada área. Será relevante para ela saber que o seu funcionário se empenha, participa de projetos, adquire conhecimentos. Independente desse conhecimento ser apenas em uma área ou não. A empresa prezará pelo conhecimento que o funcionário possui e os projetos participados por ele dirão em que grau está esse conhecimento. Constante aprendizado Muito profissionais de TI possuem o péssimo hábito de ter apenas o diploma de graduação e poucas certificações. Entender o mercado de TI é saber que se trata de um modelo que está em constante atualização, se transformando a todo o momento e o profissional se prender apenas à sua graduação e alguns cursinhos básicos não o fará garantir o seu emprego. Existem diversas áreas que o funcionário pode participar, com diferentes segmentos, onde muitas pessoas não possuem o conhecimento suficiente, apenas o conceito do que se trata. Portanto, estar em aprendizado contínuo fará com que você evolua na sua área. Independência Ter um funcionário pró-ativo e independente é um diferencial para muitas empresas, que estão sempre à procura de pessoas que não dependam de uma gestão constante. Vai ser considerado positivo aquele funcionário que conseguir iniciar e finalizar um processo sem necessitar de ajuda técnica. As empresas procuram funcionários que tragam ideias e melhorias para a área, baseados nas vivências que já tiveram. Funcionário que traz experiência para o setor é visto com ótimos olhos pela empresa.

19 de outubro de 2018

Fuja do comum e promova ações para engajar os colaboradores de TI

O profissional de TI, cada vez mais reconhecido e demandado pelo mercado, tem seu dia comemorado em 19 de outubro. Tradicionalmente conhecido como mais introspectivo, concentrado e sério, ele tem, aos poucos, mudado a percepção do mercado e do próprio segmento. Isso porque é mandatório que o profissional de TI do futuro – e já do presente – tenha habilidades de comunicação, saiba trabalhar em grupo, exercite capacidades de liderança e saia de sua zona de conforto para se diferenciar em um mercado que pede gente engajada, motivada e multitarefa. A tarefa de manter esses colaboradores engajados não é fácil, mas, com um pouco de criatividade e inovação, é possível gerar integração e extrair o melhor de cada um. Quer um exemplo? Aqui, na One Choice Consulting, presenteamos nossos programadores com uma caixinha de chocolate. Até aí tudo bem, né? Mas, para terem acesso ao presente, os colaboradores tinham que decifrar qual era a sua caixa e ela, por sua vez, estava com o nome identificado por um código binário! Os profissionais de TI adoram desafios e se motivam com esse tipo de iniciativa, que é simples de fazer, eficiente e traz mais satisfação ao colaborador. Motive sua equipe de TI e sinta os resultados no dia a dia Nem sempre é fácil incorporar a cultura de uma empresa ao dia a dia dos colaboradores de TI, que muitas vezes ficam dedicados ao seu trabalho e acabam não interagindo tanto quanto deveriam. Companhias modernas, que priorizam a satisfação dos colaboradores e buscam sempre reforçar seus valores em pequenas ações podem se valer desse tipo de atividade leve e divertida para demonstrar ao time de TI que eles são de extrema importância para a empresa e, por isso, devem explorar suas habilidades e capacidades. Na One Choice Consulting todo dia é o momento ideal de gerar ações divertidas e estimular os colaboradores de TI a fazerem algo que saia da rotina e mostre seu lado descontraído. Se você ainda não faz isso na sua empresa, que tal pensar em estratégias para fazer isso? Vale utilizar videogames, joguinhos de tabuleiro, promover desafios e o que mais vier à mente. O importante é fugir da rotina!

11 de outubro de 2018

Conheça as vantagens de terceirizar a área de TI da sua empresa

O mercado de TI só cresce e contrata cada vez mais. Os profissionais que se especializam nesse segmento tendem a ser disputados pelas empresas e a ganhar bons salários, mas você sabia que não é preciso arcar com todas as despesas de contratação dessas pessoas e a solução é investir em terceirizados? Com a mudança das leis de terceirização ficou mais vantajoso investir no outsourcing de TI e é exatamente com esse enfoque que a One Choice Consulting trabalha – com validação técnica e pessoal dos candidatos para entregar apenas quem preencha exatamente o perfil de que a companhia precisa. Ao terceirizar os serviços de TI é possível direcionar esforços para o que realmente é a especialidade da empresa, delegando essa tarefa tão importante para as companhias a quem realmente entende do assunto. Está em que dúvida em que terceirizar o serviço de TI é o melhor para o seu negócio? Veja alguns motivos pelos quais você deve apostar nesse serviço: 1. Reduzir custos e aumentar os lucros O objetivo de qualquer empresa é diminuir os gastos e elevar a eficiência e os lucros, certo? Por isso, quando os serviços de TI são terceirizados não há mais necessidade de contratar e arcar com os gastos decorrentes dos compromissos trabalhistas, além de dispensar a necessidade de máquinas, equipamentos e espaço para alocar os profissionais. Outra vantagem do outsourcing de TI é que ele permite contratar especialistas para um projeto específico, reduzindo custos operacionais e evitando que haja despesas trabalhistas decorrentes do rompimento do contrato. 2. Você tem assistência especializada As equipes de profissionais selecionados por empresas como a One Choice Consulting têm know-how em sua área de atuação e atendem perfeitamente às suas necessidades e exigências. Ao investir em um time especializado no que faz você eleva a eficiência e garante a continuidade dos processos, mesmo que todo o trabalho seja conduzido por terceiros. Se você tem medo de profissionais de fora, acredite: os contratos garantem que o projeto seja conduzido e entregue da forma mais profissional possível. 3. A segurança das informações é garantida A segurança dos dados e informações das empresas é uma preocupação constante dos gestores. Com a terceirização dos serviços de TI oferecida por empresas sérias e comprometidas é possível assegurar que as informações de uma companhia não sejam compartilhadas e nem divulgadas. Tudo isso está previsto em contrato e garante a integridade de todas as partes. 4. Há mais agilidade e flexibilidade nos processos Uma equipe focada nas demandas da organização e que saiba utilizar ferramentas e tecnologia necessários ajuda a otimizar processos e entregar demandas com mais rapidez. Há, portanto, aumento da produtividade e redução de tempo de parada das atividades. Com profissionais diversos e especializados no que você precisa, ao investir na terceirização de TI é possível ampliar o quadro de profissionais, encontrando quem ofereça soluções para as mais variadas demandas e problemas – algo incomum em profissionais alocados. Ainda não se convenceu dos benefícios da terceirização dos serviços de TI? Fale com nossos especialistas e conheça o trabalho da One Choice Consulting. Somos a mais completa consultoria de outsourcing de TI do Brasil e temos a solução ideal para o seu negócio!

02 de outubro de 2018

Front-end e back-end: os prós e contras desses profissionais

As áreas do desenvolvimento de sites e aplicações são inúmeras. Quando se entra no mercado de TI ou se navega por ela é possível conhecê-las e aí surgem as dúvidas: front-end ou back-end? Qual é o melhor para a minha carreira? Se essa é sua dúvida, acalme-se! A seguir, falaremos sobre as condições do mercado para desenvolvedores front-end e back-end, bem como características de cada profissional. Com certeza, após ler esse texto você terá ideias mais claras sobre quais rumos tomar. Quais são os benefícios de ser desenvolvedor front-end? O front-end, como o próprio nome já diz, atua na frente, ou seja, lida com a interface do usuário. Quando você acessa um site ou app, toda aquele aspecto de tela foi feito por esse tipo de profissional. Em geral, desenvolvedores front-end utilizam HTML, CSS e JavaScript para conferir à página estilo, cores, efeitos, identidade visual, formatação de texto, animações, efeitos de scroll, etc. Para quem deseja entrar nessa área, é importante destacar que o desenvolvedor front-end, devido ao fato de trabalhar diretamente com o usuário, tem a possibilidade de atuar como web designer na criação de mockups e layouts ou pode, ainda, tornar-se analista de experiência do cliente. Pessoas que são mais soltas e têm facilidade de relacionamento e trabalho em grupo podem se dar melhor como desenvolvedores front-end. Existe, ainda, a chance de trabalhar remotamente, no exterior, em uma startup, em uma grande empresa… Com várias segmentações, essa área permite que você se especialize em uma ou mais delas. A profissão de desenvolvedor front-end, portanto, está em alta no mercado e quem se destacar tende a conseguir bons salários e satisfação profissional. Resumidamente, o programador front-end é uma ponte entre o designer e o back-end, contribuindo com técnica e criatividade. O ponto negativo é o excesso de trabalho, que pode ser desgastante em alguns momentos, além do fato de que, atualmente, quase nenhum desenvolvedor é apenas front-end, já que são necessárias habilidades complementares para que ele se destaque no mercado. Quais são as vantagens de ser desenvolvedor back-end? O desenvolvedor back-end é, resumidamente, o responsável por “construir os alicerces da casa”. Isso significa que ele determina como será o ambiente de um website ou app, atuando nos bastidores – mais de forma alguma tendo papel coadjuvante. Responsável pelo “lado do servidor” em vez de cuidar do usuário, o desenvolvedor back-end precisa dominar uma série de linguagens, frameworks e tecnologias para se dar bem na profissão. As principais tecnologias back-end voltadas para web PHP, Ruby on Rails, Node.js e Python. Há, ainda, as soluções coltadas a Desktop, como C, C#, C++ e Java, além de muitas outras disponíveis no mercado. O desenvolvedor back-end cuida do “cérebro do site”, viabilizando sua comunicação com o servidor e estabelecendo a ligação entre os APIs (Application Programming Interface ou Interface de Programação de Aplicações) e o banco de dados, além de construir a estrutura do site. O back-end é vital para um site funcionar bem. Sem o seu trabalho, tudo o que o front-end fizer não terá sentido. Por isso, quem adora códigos e linguagens de programação, porém tem um perfil mais discreto e introvertido pode se dar melhor nessa função. Que tal ser desenvolvedor full-stack? Ixi, gosto dos dois. E agora? Existe a possibilidade, então, de ser um desenvolvedor full-stack, que atua tanto como front quanto back-end. E o melhor de tudo isso é que essa carreira está super em alta e as possibilidades para quem dominar esse segmento são inúmeras! O desenvolvedor full-stack domina todo o processo – algo que pode parecer difícil no início. Entretanto, a longo prazo, ele tem muito mais chances de conquistar ótimas oportunidades no mercado, pois tem total autonomia para tocar os projetos que quiser.

20 de agosto de 2018

7 dicas para aumentar suas chances de passar em nossos processos

Conseguir o emprego dos sonhos, com possibilidade de sucesso na carreira, excelente remuneração e benefícios é o grande objetivo de muitas pessoas, principalmente de quem acabou de sair de uma faculdade ou, depois de anos em uma determinada carreira decidiu se reinventar. Independente de sua idade ou qualificação, ser aprovado em um processo seletivo nem sempre é fácil, sobretudo nos mais concorridos, onde existem mais candidatos do que vagas disponíveis. Mas isso não significa que você já deva entrar em uma seletiva desmotivado, achando que a vaga que tanto deseja irá ficar com outras pessoas. Nada disso. É possível ser aprovado, e vamos lhe mostrar como. Para isso, reunimos sete dicas que irão aumentar suas chances de ser aprovados em nossos processos e, assim, conseguir a vaga dos sonhos. 1.Capriche no currículo Há quem ache que um bom currículo precisa ser grande, vistoso, com mais de uma página. Não exatamente. Currículos grandes podem significar que o profissional tem uma bagagem profissional e cultural incrível. Ou que não se mantém por muito tempo em um único emprego. Então, uma boa dica para ser aprovado em nossos processos é caprichar na elaboração do currículo, produzindo um material condensado, destacando tudo o que você gostaria de realçar, como experiências acadêmicas, profissionais e cursos que considerar mais importantes. 2.Trabalhe o autoconhecimento A entrevista nem sempre é longa. Em geral, quando os processos são muito disputados (e os nossos são), as conversas com os candidatos são bem rápidas, dando pouco tempo para que as pessoas falem sobre si. Então, para aproveitar muito bem esse tempo, procure trabalhar seu autoconhecimento. Resuma suas qualidades, falando mais sobre como suas experiências acadêmicas e profissionais e como elas tornam você o profissional ideal para a vaga que estamos oferecendo. 3.Seja autêntico Algumas vezes, para conquistar aquela vaga dos sonhos, os candidatos costumam construir personagens para se sobressair aos demais, mas quando assumem as vagas não são capazes de manter a caracterização que outrora haviam criado. Para não cair nessa armadilha, é fundamental ser sempre você mesmo. Não crie um personagem apenas para agradar o selecionador. Isso ficará muito evidente na hora da entrevista e diminuirá suas chances de contratação. 4.Arrisque A entrevista é um momento tenso, por isso muitas pessoas acabam se fechando na hora da entrevista, ficando tímidas e falando muito pouco. Para chamar a atenção do recrutador, aja diferente. Se arrisque, converse, tente mostrar que você é diferente dos demais. Positivamente, claro. 5.Seja coerente em seu discurso Mudar constantemente o discurso, mesmo com o uso de exemplos, não é exatamente uma boa ideia. Por isso, mantenha a coerência, mesmo sob pressão. E se for exemplificar algo, garanta que eles tenham relação com o que já vinha falando antes. 6.Treine a escrita Alguns de nossos processos envolvem redação. Queremos ouvir o que o candidato pensa, quais suas opiniões sobre diversos assuntos. Para se destacar, treine a escrita. Leia, pesquise, se qualifique para nos conquistar. 7.Mantenha o controle E, finalmente, mantenha o controle. É natural ficar nervoso ou até ansioso durante um processo seletivo, mas isso jamais deve ser motivo para que você simplesmente trave.

17 de agosto de 2018

Fui rejeitado para uma vaga. O que pode ser?

Muitas pessoas acabam sendo rejeitadas em entrevistas de emprego, mesmo que possuam as qualificações. Quando ocorre essa reprovação, os profissionais ficam procurando as justificativas para não serem admitidos e elas podem estar no comportamento dessa pessoa ou então na forma como ela fez o currículo, dentre outros. Toda a qualificação desejada? Os recrutadores sempre escrevem quais são as qualificações que o candidato deve ter e isso não engloba somente a escolaridade, mas também cursos extras, traços de personalidade e até mesmo posses: para algumas funções, é requisitado pelas empresas que se tenha carteira de habilitação. É fundamental que o candidato se encaixe na totalidade das exigências: se ele tiver a CNH, mas tiver nível de Inglês diferente do que é pedido, ele poderá ser rejeitado. Apesar de alguns recrutadores admitirem os candidatos mesmo quando alguma qualificação falta, há outros que têm maior exigência. Comportamento Enquanto estão em um processo seletivo, os trabalhadores são analisados com relação a todos os aspectos e o comportamento não é excluído. A análise da personalidade é feita em todos os momentos, principalmente quando se faz dinâmicas; ressalta-se que muitos recrutamentos têm um teste virtual que é utilizado para ilustrar à empresa um pouco das características interpessoais daquela pessoa. Alguns dois traços de personalidade que fazem com que o candidato seja rejeitado são a soberba e também não conseguir trabalhar em equipe com harmonia. Com isso, aqueles que não são aprovados em recrutamentos devem ficar atentos nas dinâmicas seguintes e demonstrar maior adaptabilidade. Distância Uma vez que as empresas pagam o transporte do colaborador, é normal que elas prefiram os que precisam de menos ônibus em cada trajeto, já que isso vai custar menos a elas. Isso é mais notado quando se trata de companhias de médio ou pequeno porte e, nesse caso, deve-se evitar encaminhar o currículo. Se o recrutador realizar a entrevista, pode-se tentar acordar com a companhia que uma parte do transporte é quitada pelo candidato: isso é vantajoso quando o salário é mais alto. Atraso As atitudes que o candidato tiver enquanto está no processo seletivo provavelmente se repetirá quando se ele estiver contratado. Desse modo, aqueles que demonstram falta de atenção ou que chegam atrasados, por exemplo, tendem a ser rejeitados. Higiene A boa aparência não pode ser esquecida quando o candidato vai para um recrutamento: estar com roupas sujas ou o rosto sem a devida higiene é um ponto negativo. Não se trata, contudo, de utilizar roupas caras ou de beleza: é necessário apenas aparência profissional e de limpeza. Feedback do recrutador Diversos candidatos são rejeitados por alguma das justificativas colocadas neste artigo, mas podem existir razões mais específicas e, para o candidato sabê-las, é preciso que o recrutador da empresa conceda o feedback. Se o profissional for rejeitado presencialmente, a justificativa tende a ser imediata; se a resposta do gestor é mandada via e-mail, cabe responder e pedir uma razão para não ser admitido, mas sem aparentar ser uma cobrança.

17 de agosto de 2018

Como se manter atualizado em um mercado que se renova diariamente?

A atualização profissional é considerada um processo: a cada dia, as pessoas têm contato com novidades do seu segmento, lembrando que todos eles têm algum nível de modernização. O modo como um mecânico faz os consertos de veículos hoje é muito diverso de como fazia há décadas e é por causa da atualização profissional que esses indivíduos se mantêm interessantes. Não é preciso haver gasto para ser um profissional mais atualizado: às opções gratuitas de aprendizado são encontradas em grande número, até na rede. Fazer cursos Os cursos de atualização profissional podem ser de pouca duração e feitos até à distância: o importante é que as pessoas os utilizem para continuar absorvendo conhecimentos sobre seu setor de trabalho. Um facilitador é que não é preciso qualquer processo seletivo para esse tipo de curso e os preços podem ser parcelados. Aliás, existem instituições que são próprias para cursos curtos, enquanto algumas faculdades também têm formações de atualização profissional. Periódicos sobre a profissão A leitura de periódicos também é excelente para a atualização profissional, existindo revistas impressas e virtuais para quase todos os tipos de profissões: há publicações especiais para fisioterapeutas, para os professores, para os engenheiros e muito mais. Vale dizer que os periódicos não precisam ser apenas as revistas: até as redes sociais podem ter artigos acadêmicos importantes. As notícias sobre a sua profissão também são importantes de se conhecer. Basta usar os buscadores ou então assinar as novidades dos órgãos relacionados a ela: quem trabalha com comércio no Paraná, por exemplo, deve acompanhar sempre a Junta Comercial do Estado do Paraná, que anunciar atualizações em legislação e outros. Feiras profissionais Diversos órgãos de regulamentação profissional, além de faculdades, realizam feiras de profissões: há oficinas, vendas de materiais, palestras e outros. Essas são grandes ocasiões para que as pessoas saibam de todas as novidades do seu ramo, socializando com outros profissionais e criando networking. Muitas vezes, esses eventos têm certa taxa de participação, principalmente quando os seus organizadores concedem certificado. No entanto, encontram-se várias feiras profissionais gratuitas, sendo preciso somente uma ficha de inscrição. Livros Ainda que os profissionais leiam os periódicos e participam dos congressos, os livros ainda são uma das melhores formas de se atualizar no trabalho. Muitas pessoas deixam de ler sobre a sua profissão porque acham que é uma leitura complicada, muito teórica, ou que não acharão publicações a respeito do que fazem. Hoje em dia, existem livros do setor profissional para quem exerce qualquer função: até quem é operador de Telemarketing, não precisando de nenhuma faculdade, pode encontrar livros que os auxiliem na sua comunicação ou no convencimento. Além disso, a linguagem que se tem colocado nos livros de orientação profissional tem ficado muito mais simplificadas e com o foco na prática de qualquer trabalho. Grupos de Facebook Essa rede social tem grupos para muitos profissionais e, além de se poder pedir dicas, fica-se sabendo sobre congressos, sobre novos materiais e muitas outras informações.

09 de agosto de 2018

5 motivos para que a sua empresa use a One Choice

Muitas empresas têm dificuldades na hora de selecionar os melhores funcionários para fazerem parte do seu quadro. Diversos erros são cometidos e, chega o dia dele desempenhar o seu trabalho e se comprova que o funcionário não é nada daquilo que ele disse que era. Assim sendo, os erros vão sendo cometidos em maiores quantidades, o que pode acarretar num nome não tão agradável da empresa, justamente pelos erros cometidos por esses funcionários “mais ou menos”. E, com tantos erros, é difícil manter o foco e estar sempre por cima. São nessas horas que contar com uma consultoria capaz de facilitar essa contratação facilita a vida, tanto dos empregados da sua empresa, como a sua própria empresa. E, uma empresa que é capaz de resolver esse problema para você é a One Choice. Empresa capaz de selecionar os melhores profissionais e entregá-los à sua empresa, sem que você possa sentir qualquer arrependimento. E o melhor: para fazer parte do quadro de candidatos da One Choice, o profissional deve ser, no mínimo, o melhor do dia para conseguir a vaga. Somente os melhores profissionais são contratados pela One Choice. Venha conferir! Motivos para que a sua empresa utilize a One Choice A fim de mostrar a capacidade da empresa para selecionar os melhores profissionais para a sua empresa, este texto relata cinco motivos que farão com que você escolha a One Choice para ajudar a sua empresa. Vamos a eles! Sem preocupação com o processo de seleção Todo o processo de contratação do profissional, seja o primeiro contato até o encaminhamento dele para o RH da empresa para assinar o contrato é feito pela One Choice. E tudo isso sem que a sua empresa precise se preocupar. A sua empresa só precisará usufruir do profissional que a ela foi entregue. Mão de obra que a sua empresa necessita Hoje em dia é cada vez mais complicado encontrar bons profissionais. E como bons, refere-se a trabalhadores que tenham o conhecimento técnico, além de serem responsáveis, pontuais, organizados, qualidades básicas que fazem deles bons profissionais. Quando você pensa em contratar funcionários de fora, encontra diversos que até possuem alguns requisitos, mas ainda assim, não são os que você deseja para a sua empresa. Todo esse processo de encontrar o melhor profissional fica a cargo da One Choice, que possui exatamente o colaborador que você necessita. Na sua total qualidade. Qualidade garantida Ao indicar um profissional para a sua empresa, a One Choice entrega o melhor que ela tiver. Para comprovar isso, a One Choice oferece garantia de 90 dias. Caso o profissional saia antes desse período, outro profissional será cedido, sem custo adicional. Suporte no processo seletivo Algumas empresas preferem fazer por elas mesmas o processo e a seleção de novos funcionários. Como assim definem, as empresas optam por contar com o suporte da One Choice oferecer ao RH das empresas. Esse suporte vai desde os testes até na consultoria do serviço. Processo rápido de contratação A necessidade da empresa faz com que sejam rápidas as transações para novas escolhas. Com isso, ao precisar de um funcionário, a One Choice tem a opção correta para a empresa. A agilidade no serviço faz com que, se a empresa estiver de comum acordo, o funcionário seja contratado no dia seguinte.

01 de agosto de 2018

Divulgar vagas tem sido um problema? Você pode estar cometendo erros

Quando a sua empresa necessita de novos funcionários, seja porque ela cresceu, seja porque houve a necessidade de desligar e contratar um novo funcionário ou simplesmente para acirrar a concorrência interna, melhorando a produtividade, a divulgação da vaga de trabalho deve ser muito bem feita. Isso porque, é nessa hora que o candidato saberá o que a empresa está necessitando. E, mais importante do que chegar ao candidato a mensagem, é a forma como ela chegará. Como será que o candidato a lerá? Será que ele entenderá a necessidade que a empresa possui? Pois então, são todas essas questões que precisam e devem ser resolvidas, justamente para que você não esteja, em nome da sua empresa, cometendo erros totalmente desnecessários, prejudicando a sua própria empresa. Você já parou para observar como é feito o processo de contratação da sua empresa? Será que algum erro está sendo cometido? Talvez na descrição da vaga não esteja sendo feita de forma correta. Evite erros na descrição de vagas Processo extremamente comum em diversas empresas, o recrutamento de novos funcionários precisa ser um processo totalmente bem feito, organizado, bem divulgado e, o melhor de tudo, bem coerente, bem descrito. A descrição da vaga tem que estar de uma forma clara e bem entendida, para que não exista nenhuma informação desencontrada. Isso porque, quando existe um processo de recrutamento e seleção que começa sem certeza se vai chegar ao fim, esse processo já está fadado ao fracasso. Os candidatos, na maioria das vezes, estão desempregados e necessitados de um trabalho para colocar as finanças em dia. Então, quando surge a oportunidade de participar de uma entrevista, a esperança já se renova nele, fazendo com que tenha esperanças de sair do momento em que se encontra. Além de respeitar esses candidatos que vão até a sua empresa tentar a vaga de emprego, dar a ele um bom processo seletivo e ter a certeza de que ele não sairá com uma impressão errada da sua empresa. Elaborar, ter um bom processo seletivo, onde a descrição da vaga de emprego esteja bem feita, faz com que a vida de todos seja facilitada. Do entrevistador, que poderá transcorrer o processo de recrutamento e seleção da melhor forma, o candidato, que saberá o tipo de emprego que estará disponível e até mesmo a empresa que, a contratar o funcionário, consegue ficar com um colaborador que entendeu como funciona e está apto para desempenhar o seu papel, da melhor forma. Os profissionais de RH envolvidos no recrutamento e na seleção de novos candidatos sabem a importância que se tem uma boa descrição de cargo. Quando ela é bem feita, se torna uma ferramenta bem eficaz na hora em que se está divulgando as vagas de emprego. Portanto, uma boa descrição de vagas é importante e precisa conter, obrigatoriamente, as atividades que o funcionário irá desempenhar, a carga horária que ele terá, o nível de escolaridade exigido, os benefícios oferecidos pela empresa e o salário que está sendo oferecido.

26 de julho de 2018

5 dicas para conquistar uma recolocação mais rápida

Não é desejo de nenhum funcionário que a demissão aconteça com ele. E é certo também que ninguém está preparado para esse momento. Mesmo sabendo da dificuldade que o país está passando e que cortes serão inevitáveis na empresa onde trabalha, ninguém quer imaginar que um dos nomes desligados da empresa será o seu. Mas como na vida todo ciclo termina e oferece a oportunidade de iniciar outro, este texto tem como objetivo apresentar a você informações que farão com que você consiga se recolocar no mercado de trabalho. Afinal de contas, ninguém deseja ficar em casa por muito tempo, portanto, estar trabalhando novamente é o desejo de todos. Fique atento às dicas abaixo e deixe essa situação para trás! Analise a sua carreira profissional É senso comum, quando acontece a demissão na vida de uma pessoa, este se sentir desmotivada, para baixo. Isso é normal. O que não pode acontecer é continuar tendo esse pensamento e sentimento. Você deve pensar no modo como está administrando a sua vida profissional. Com isso, analise os seus pontos negativos e positivos, veja os pontos onde você recebeu mais elogios, onde as pessoas te solicitaram mais para que você realizasse determinadas tarefas. Aproveite e analise os momentos ruins também, onde você sentia e sabia que deveria melhorar. Não se torture com eles, apenas reflita e estabeleça melhorias, a fim de que você se aprimore. Procure melhorar o seu currículo Enquanto você não está trabalhando, este momento te possibilita participar de eventos, fazer cursos, estar em palestras que poderão acrescentar conhecimento a você e melhorar o seu currículo. Existem cursos online que emitem certificados, e isso você poderá fazer para melhorar o seu currículo. Não culpe a falta de dinheiro, pois alguns desses cursos são gratuitos. Você também poderá ler livros da sua área, aumentando o seu conhecimento e cultura sobre determinado assunto. Mantenha-se conectado às redes sociais Estar nas redes sociais, principalmente no Linkedin, onde você pode saber o que está acontecendo nas grandes empresas, faz com que você esteja sempre ligado com as solicitações feitas no mercado de trabalho, além de se manter “visível” para futuras vagas de emprego. As redes sociais são importantes para que você mantenha contato e estabeleça vínculos que são extremamente importantes. Atualize o seu currículo Você precisará ter um currículo que condiga com as suas projeções, vivências e conhecimentos. Para isso, é preciso que você o atualize, estando conforme os seus objetivos. Como você já tem uma área onde vivenciou grande parte da sua carreira profissional, adeque às suas pretensões atuais à experiência que já viveu. Prepare-se para a entrevista Seguindo as dicas acima apresentadas, você certamente será chamado para uma entrevista de emprego. E, desde já, você precisa ir se preparando, para que possa apresentar a eles o grande profissional que é. Portanto, observe algumas atitudes abaixo e siga-as: - Analise os melhores e principais momentos da sua carreira; - Esteja preparado para participar de dinâmicas em grupo; - Perguntas voltadas para coisas negativas da sua carreira serão feitas, como pontos fracos, motivo da demissão e outras questões delicadas; - Treine as respostas que dará; - Seja sempre sincero; - Quando for chamado para a entrevista, já deixe a sua roupa separada, evitando assim, ter alguma surpresa de última hora; - Veja o quanto de tempo será necessário até chegar ao local. Evite qualquer motivo que possa fazer você chegar atrasado; - Controle a sua ansiedade e, caso não consiga, fecha os olhos, respire fundo. Dará tudo certo!

19 de julho de 2018

4 formas de se destacar no mercado de TI

Sempre quando há um momento no país onde este passa por uma crise, diversos setores das empresas passam por transformações e, com isso, muitas são as pessoas que acabam tendo os seus contratos encerrados, justamente porque existe a necessidade de cortar custos da empresa, fazendo com que ela opte apenas pelos melhores funcionários. E isso não contempla apenas um lado da empresa. No geral, todos os setores passam por revoluções e o de TI também sofre com a crise. Acontece que apenas os melhores profissionais conseguem manter os seus empregos. Mas o que faz com que eles sejam considerados melhores nas suas áreas? Você já parou para pensar nisso? Pois então, este texto tem como objetivo apresentar a você quatros formas para que você consiga ter destaque no mercado de TI. Dominar outros idiomas Por mais que seja absurdamente falado em diversos setores, as pessoas não levam muito a sério aprender uma língua estrangeira, o que faz com que sejam preteridas a outros candidatos que possuem domínios sobre outros idiomas. Hoje, é essencial para um profissional de TI que ele fale, pelo menos, dois idiomas estrangeiros, não apenas um, como era solicitado antigamente. O idioma se faz importante porque será necessário fazer apresentações em outros idiomas e não vai adiantar mentir no currículo, na hora de uma entrevista ou numa reunião, você será desmascarado. Portanto, trate de aprender outras línguas. Participe de projetos Para um profissional de TI é importantíssimo que ele tenha participado de algum projeto. Melhor ainda se esse projeto for grande, ambicioso. Isso faz com que o funcionário possua um conhecimento relevante relacionado ao projeto, ao que viveu, e essa parte é importante na área de TI. As empresas observam muito o conhecimento que o funcionário possui em uma determinada área. Será relevante para ela saber que o seu funcionário se empenha, participa de projetos, adquire conhecimentos. Independente desse conhecimento ser apenas em uma área ou não. A empresa prezará pelo conhecimento que o funcionário possui e os projetos participados por ele dirão em que grau está esse conhecimento. Constante aprendizado Muito profissionais de TI possuem o péssimo hábito de ter apenas o diploma de graduação e poucas certificações. Entender o mercado de TI é saber que se trata de um modelo que está em constante atualização, se transformando a todo o momento e o profissional se prender apenas à sua graduação e alguns cursinhos básicos não o fará garantir o seu emprego. Existem diversas áreas que o funcionário pode participar, com diferentes segmentos, onde muitas pessoas não possuem o conhecimento suficiente, apenas o conceito do que se trata. Portanto, estar em aprendizado contínuo fará com que você evolua na sua área. Independência Ter um funcionário pró-ativo e independente é um diferencial para muitas empresas, que estão sempre à procura de pessoas que não dependam de uma gestão constante. Vai ser considerado positivo aquele funcionário que conseguir iniciar e finalizar um processo sem necessitar de ajuda técnica. As empresas procuram funcionários que tragam ideias e melhorias para a área, baseados nas vivências que já tiveram. Funcionário que traz experiência para o setor é visto com ótimos olhos pela empresa.